quarta-feira, 11 de agosto de 2010

HUMILDADE



"Senhor, fazei com que eu aceite

minha pobreza tal como sempre foi.


Que não sinta o que não tenho.

Não lamente o que podia ter

e se perdeu por caminhos errados

e nunca mais voltou.

 

Dai, Senhor, que minha humildade

seja como a chuva desejada

caindo mansa,

longa noite escura

numa terra sedenta

e num telhado velho.

 

Que eu possa agradecer a Vós,

minha cama estreita,

minhas coisinhas pobres,

minha casa de chão,

pedras e tábuas remontadas.

E ter sempre um feixe de lenha

debaixo do meu fogão de taipa,

e acender, eu mesma,

o fogo alegre da minha casa

na manhã de um novo dia que começa.”
Cora Coralina.

Outras palavras...

"Que assim seja"!

Que seu dia seja reflexivo!
Jr Vilanova.

7 comentários:

lis disse...

" minhas coisinhas pobres" que forma simples e linda de ser!
"apenas um feixe de lenha pra eu mesma acender o fogo da minha casinha ...
que mais posso dizer Júnior?
simplicidade e ternura de Cora Coralina , maravilha de poema.
bela quarta feira amigo

Junnior disse...

Sentir a beleza e a alegria na simplicidade é para poucos.
A natureza, na sua abundância, fartura e beleza é simples. Deus, do alto de Sua complexidade, magnitude e supremacia, nos alerta de que é dos humildes de coração o reino dos céus. E a Cora Coralina é tudo isso - ou só isso.
Abraços e tenha uma ótima quarta.
Junior.

Chica disse...

Cora é maravilhosa.LINDO! abração,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Humildade não pode ser sinônimo de acomodação, todos temos o direito de sonhar dias melhores para nossa vida. Claro que temos que agradecer a Deus pelo que possuímos, mas querer algo mais de forma honesta não é pecado nenhum.
Beijão

Sandro Omena disse...

Querido popó,
Lindo este poema, e simplesmente mágico na sua escrita. Vamos ser sinceros né! Quem não gosta do luxo, da riquesa e posses! Principalmente num mundo ativamente capitalista onde o consumo toma conta de tudo e de todos. Porém, ao meu ver, a humildade trás aconchego, aproximação e mais reflexão. Lembra quando te disse que o espaço que visitamos na ultima vez me trazia mais liberdade e aconchego! Pois é meu querido, eu sou assim!
Grande Beijo

Uelton Gomes disse...

olá Junior!

Nobre poema,que todo dia tenhámos força para poder seguir em frente essa longa caminhada da vida.

Abraços

Pegadas do Coração disse...

Tentemos viver a vida de modo que seja agradável aos olhos do Pai..
Lindo poema de Cora!Assim seja!
Abraço.

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com