quarta-feira, 7 de julho de 2010

AMIGOS - LOUCOS E SANTOS




"Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.



Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.


A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.


Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.


Deles não quero resposta, quero meu avesso.


Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.


Para isso, só sendo louco.


Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.


Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.


Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.


Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.


Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.


Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.


Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.


Não quero amigos adultos nem chatos.


Quero-os metade infância e outra metade velhice!


Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.


Tenho amigos para saber quem eu sou.


Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que 'normalidade' é uma ilusão imbecil e estéril."

Oscar Wilde.


Outras palavras...

Voltei. Vim trazer um pouco de poesia para essa particularmente movimentada quarta-feira, que aliás já está quase indo embora! Acho que o motivo maior para eu estar aqui  foi a injeção de ânimo que recebi  ontem nos "diversos" comentários deixados! Obrigado pelo incentivo, queridos! Aos poucos estou retomando meu ritmo, embora julho tenha se apresentado pra mim como um grande desafio profissional, do qual não posso falhar... mas é isso, "vamo que vamo que dá", porque sempre dá!

...

Bem, informo que a escolha de hoje  realmente não fora  definida aleatoriamente. Embora acredite que muitos já a conheçam, resolvi apostar na força de seus versos sem medo de parecer redundante. Esse é  um  dos meus textos  preferidos e representa bem aquilo que vivo e acredito até que me provem o contrário.

É  uma singela homenagem aos amigos que pude conquistar e conservar até aqui. Amizades costumam ser tão  complexas e tão indispensáveis! Enfim... falar de amizade é falar de amor... falar de amor é falar de um sentimento indistintamente livre... e falar de liberdade é dar continuidade a semana da diversidade sexual no blog!  Para isso, escolhi um texto atrbuido a nada menos que Oscar Wilde e registro que durante as quartas-feiras de julho, ele será o grande homenageado e o assunto central! Começamos bem, sim? Então é só aguardar...  

Espero vocês e continuo devendo prazerosas minhas visitas... pra muito breve!
Beijos.
Jr Vilanova.

8 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Oi sumido, que bom que voltou. E voltou em grande estilo. Amei o poema, também o autor não deixa por menos, não é mesmo? E vida as liberdades de escolha.
Beijão

Guilherme Ramos disse...

Mesmo 'sumido', vc está inspiradamente maravilhoso. EU é que estou devendo inspirações prosopoéticas... Mas não tarda eu voltar! Rssss...

Abração, meu AMIGO!

carol sakurá disse...

Olá,Junior!

Como diz o poeta: 'amigos se reconhecem'.

Sucesso nos seus projetos!

Grande beijo!

Marliborges disse...

Jr,
Eu adoro esse poema de Oscar Wilde. Ano passado fiz uma postagem com ele e gosto tanto que várias vezes retorno para ler. É muito lindo. Que bom que encontrei também aqui no teu cantinho. Bjssssssss

Sanro Omena disse...

Caro popo,

Não há nada melhor do que fechar os olhos e saber que alguém lembra de você, que alguém comenta de você, ou melhor sobre você! Sempre acreditei nas amizades serenas e compartilhadoras que nos mantém vivos e alegres por muitos anos. Aquele sorriso prazeroso, aquele abraço mais que gostoso que nos dá segurança e nos imobiliza nos momentos em que pensamos as vezes fazer algo ruim. Oscar é maravilhoso neste texto porque deixa claríssimo a idéias central da amizade que é a liberdade, a partilha, o cuidado com a essência de cada um. Você continua meu amigo popo, me tocando no que há de mais fantásitco no ser humano que é o sentimento de amor por nós mesmos e pelo próximo.
Grande Beijo

Valdecy Alves disse...

Olá!

Leia artigo sobre a importância do patrimônio histórico material e ainda concorra a R$ 1.000,00 em prêmios. Acessar em: www.valdecyalves.blogspot.com

(DORAVANTE SÓ CONTINUAREI SEGUINDO BLOGS QUE ME SEGUIREM. IMPOSSÍVEL FORMAR REDE SÓ QUANDO UM LADO SEGUE - PRECISAMOS SOMAR - RECIPROCIDADE)

CRISTIANE disse...

Menino, a primeira frase desse texto é uma coisa de louco: ""Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila"... fiquei arrepiada, viu? Não conhecia, mas com certeza não vou esquecer...
Beijos.
Cris.

Essência e Palavras disse...

Junior...

Que bom quando voce volta!
Volta a falar pra gente.. E volta. E encanta!
Adoro!

beejo!

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com