domingo, 2 de maio de 2010

'O VALOR DA AMIZADE'

"O amigo vê e ouve o que não somos capazes de ver nem ouvir. Assim sendo, pode fazer por nós o que não temos como fazer por nós mesmos"


"A mesma palavra tem significados diferentes de acordo com o texto ou o discurso em que figura. A importância disso é capital, pois significa que, para interpretar uma palavra, precisamos nos debruçar sobre o contexto do qual ela faz parte ou escutar verdadeiramente quem a profere. Do contrário, não a entendemos. O ensinamento básico de Sigmund Freud é esse e bastaria para justificar a psicanálise, se isso ainda fosse necessário.

A maioria das pessoas, no entanto, não se dispõe a escutar. Poucos nascem com essa capacidade, que pode e precisa ser desenvolvida. Escutar é um ato generoso. Implica que eu deixe momentaneamente de falar e esteja aberto para o que o outro tem a dizer.

A escuta é a característica do psicanalista e também do verdadeiro amigo – que não impõe a sua presença, não diz o que não deve ser dito e, assim, faz com que a amizade floresça. Ou seja, o amigo sabe se conter, exercita-se na ética da contenção. Por isso, ele é de paz e a sua maneira de ser pode servir de modelo para todas as outras relações: marido e mulher, pais e filhos e irmãos.

O que o filósofo e historiador grego Xenofonte escreveu 2 400 anos atrás poderia ter sido escrito hoje: "Um bom amigo é o mais precioso de todos os bens. Está sempre pronto a auxiliar... Há homens, contudo, que investem toda a sua energia no cultivo de árvores, para colher frutos, e são negligentes com o amigo, o bem que mais frutifica". O amigo vê e ouve o que não somos capazes de ver nem ouvir. Assim sendo, pode fazer por nós o que não temos como fazer por nós mesmos. Como o analista, ele ilumina o caminho.

Ele sabe suspender o seu desejo para que o do outro se manifeste. O que ele mais quer é o acordo. Está menos interessado nos eventuais benefícios materiais que a amizade pode trazer do que no fortalecimento desta. Visa sobretudo ao contentamento do outro e não deve ser confundido com o cúmplice, que visa ao próprio interesse e se liga a alguém em função do que almeja alcançar.

O elo de cumplicidade tende a ser efêmero, enquanto o de amizade é para sempre. Em outras palavras, o amor dos amigos nunca é de agora, e sim para a vida inteira. Também por isso, há milênios a amizade inspira escritores, que se perguntam de que modo escolher um amigo, quais as características de um amigo verdadeiro e o que nós devemos a ele. Os escritores – os melhores, entre eles – sabem que a amizade nasce espontaneamente, mas só dará os seus melhores frutos se for cultivada."

Betty Milan.

Outras palavras...



O texto acima foi publicado originalmente na Revista Veja, Edição 2144, dia 23 de dezembro de 2009 e me chamou atenção pelas verdades que traduz. Quem o leu com atenção e possui pelo menos um amigo verdadeiro sabe do que estou falando.

Interessante, geralmente quando pensamos num modelo de amigo, imaginamos aquela pessoa perfeita, confiável, presente, compreensiva, leal, disponível, ou seja, quase que um "ser de luz"... E MUITOS O SÃO, mas as vezes, sem mesmo percebermos, na maioria dos casos, acabamos fazendo severas cobranças nesse sentido.


Essencialmente egoístas, o que talvez nos falte é a consciência de que também precisamos doar algo vez por outra, nem que seja um pouco mais da compreensão que nos ajuda a entender que amigos, como humanos que são, errantes que são,  também  possuem  defeitos e vez por outra podem nos decepcionar e eventualmente teremos que passar por cima de coisas assim... ou não? É claro que nem tudo é permitido. Lealdade e honestidade, por exemplo, essas sim, são parte de um equilíbrio e não podem ser deixadas de lado em nenhuma circunstância... ou sim? 


Acredito que amizade  não deve ser encarada como um "mundo cor de rosa", um lugar suspenso das realidades e armadilhas do mundo real, do qual todos nós fazemos parte. Os embates e discordâncias também compõem essa relação que precisa de uma parcela de  renúncia e entendimento mútuo para dar certo! 


Deu pra me entender? Sim? Não? Mais ou menos? É que eu também estou aprendendo... 

Beijo aos meu amigos!
Bom domingo.
Jr Vilanova. 

13 comentários:

Chica disse...

Concorsdo contigo.Não precisa ser cor de rosa.Pode ser invisível, mas saber-se lá sempre!abração,chica e lindo domingo!chica

carol sakurá disse...

Estou aprendendo tb...
Bjs!
Ótima semana!

Anônimo disse...

Graças a deus que todos os meus amigos soa verdadeiros, pois eu sou mt dificil de fazer amizades e so fico com os verdadeiros mxm

http://artmusicblog.blogspot.com/

lis disse...

Oi Junior
Amigos a gente começa a ganhar desde a infancia , alguns permanecem pela vida afora e outros ficam pelo caminho.E todos são importantes pra delinear
e ensinar como essa convivencia é importante nas nossas vidas.
Há de ser como no texto saber ouvir ver o que o amigo nao vê, rs.
É muito bom ter amigos sinceros e prontos pra ouvir-nos . E assim vamos dando também o nosso ombro amigo.E temos os virtuais, interessantes e maravilhosos, eu gosto.
Boa semana , e a la Junior "vamo que vamo que dá..." que maio venha feliz pra todos nós.
Abraços

Dalva disse...

Oi, Junior.
Eu acho que a amizade, como qualquer relacionamento, é construídano dia-a-dia. É um rico universo,e como tudo possui altos e baixos. É feita de afinidades, de momentos compartilhados, de experiências trocadas. Eu diria até que a amizade é um sentimento muito nobre, mais nobre até que o amor, por não ser tão egoísta. Ela permite que a gente se divida em muitos afetos, coisa que o amor não permite, por ciúme e rivalidade. Ter amigos é maravilhoso... poder partilhar com eles os nossos dias é bom demais, sejam eles quem forem, estejam eles onde estiverem...

"E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"

V. Moraes

Beijos, meu amigo!

Carmem L Vilanova disse...

Gostei muito deste texto sobre a amizade... muito bom mesmo!
Temos que nos lembrar que amigo verdadeiro não é sempre aquele que diz o que queremos ouvir... é, normalmente o que diz o que insistimos em não ouvir (dentro de nós mesmos!)
Beijos, flores e muitos sorrisos

Valéria disse...

Estou sempre aprendendo com seus posts amigo, minhas amizades muitas vezes não são cor de rosa, nem sempre estão presente, mas eu sei, eu sei que quando eu precisar vão estar lá para me ajudar.

BeijooO'

Essência e Palavras disse...

Amigos... Atos,gestos, carinho verdadeiro!

Adoooro !

beejao! Boa semana!

CRISTIANE disse...

"Os embates e discordâncias também compõem essa relação que precisa de uma parcela de renúncia e entendimento mútuo para dar certo!"

Já fui muito incompreendida, já incompreendi vários amigos onde não podia... mas o importante é não perder o foco e reconhecer erros e acertos, não é?

Um beijo.
Cris.

Cláudia disse...

AMIGOS de verdade são poucos...por que essa expressão é tão comumente usada?
Será que sabemos ouvir, orientar, respeitar e sermos respeitados, sermos verdadeiramente amigos?
Só sei de uma coisa....muitos ou poucos, os amigos verdadeiros transformam nossa vida!!!
bjss

Céu Vieira disse...

Passei por aqui por acaso, mas gostei do que vi e li. Vou voltar com mais tempo para ver e ler melhor tudo! rsss
Um bj

Lilia Ferreira disse...

Lindo texto e sua reflexão é perfeita. Somos seres errantes, complicados, mas possuidores de uma personalidade ímpar, e td amizade VERDADEIRA sabe distinguir o que é de bom e o que não nos traz benefícios. Consegui, de uma forma muito clara, visualizar vc e e Renan nas mminha vida, lendo o texto. BjOOOOO e parabéns!

Josi disse...

Lógico que deu pra entender amor!
Só posso dizer que para mim você é esse SER DE LUZ, possui todas essas qualidades e digo sem medo que tenho um grande amigo!
Acho que essa coisa de cobranças é muito relativo,sempre temos um ou outro amigo mais sensivel e mais carente do que os outros, e que sentem mudanças, falta,ausencia...e por aí vai, outros já lidam com mais naturalidade o fato de as vezes só ta junto espiritualmente, ali sentindo um ao outro mesmo sem ver, sem tocar... enfim, cada um com sua sensibilidade,né?
Eu posso dizer que tenho um pouco de tudo isso,porém no fundo o que quero sempre é ter meus amigos ao meu lado, independente da forma que seja!
VOLTEI,ESTAVA COM SAUDADES DO MEU BLOG E DO SEU!

Amo-te.

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com