quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

NÃO ME SINTO MUDAR...



"Não me sinto mudar. Ontem eu era o mesmo.
O tempo passa lento sobre os meus entusiasmos
cada dia mais raros são os meus cepticismos,

nunca fui vítima sequer de um pequeno orgasmo
mental que derrubasse a canção dos meus dias
que rompesse as minhas dúvidas que apagasse o meu nome.

Não mudei. É um pouco mais de melancolia,
um pouco de tédio que me deram os homens.

Não mudei. Não mudo. O meu pai está muito velho.

As roseiras florescem, as mulheres partem
cada dia há mais meninas para cada conselho
para cada cansaço para cada bondade.

Por isso continuo o mesmo. Nas sepulturas antigas
os vermes raivosos desfazem a dor,
todos os homens pedem de mais para amanhã
eu não peço nada nem um pouco de mundo.

Mas num dia amargo, num dia distante
sentirei a raiva de não estender as mãos
de não erguer as asas da renovação.

Será talvez um pouco mais de melancolia
mas na certeza da crise tardia
farei uma primavera para o meu coração.


Pablo Neruda.
(in 'Cadernos de Temuco' /Tradução: Albano Martins).


Outras palavras...

Elegi o tema "mudança" para as nossas quartas-feiras (para quem ainda não percebeu, esse é o dia mais poético da semana no blog). E dentro desse amplo universo, a resistência e o desistímulo em relação a transformações internas também estão postos a reflexão, pois fazem parte da natureza humana! 

Tudo na vida é relativo. Até o certo e errado da forma que conhecemos é relativo. O poema de hoje nos expõe bem  isso. Achei a  forma como Pablo Neruda coloca as palavras em "Não me sinto mudar", aima de tudo, muito honesta. E é esse o outro lado da moeda, porque nem sempre somos positivistas, nem sempre a espera por uma vida melhor convence. Ser positivo pode cansar também e não podemos ignorar isso. 

Colocar-se sempre convicto perante os acontecimentos inesperados da vida é algo que não serve para muitos e refletir sobre isso as vezes é bem oportuno...  Eis aqui o lado B da alma humana, o lado legítimo de quem resolveu não mudar e precisa ser compreendido por isso.

Boa quarta-feira,
Jr Vilanova.

4 comentários:

Confissões de uma borboleta disse...

Voilá...Adorei!!!
Não conhecia essa poesia de Neruda.
E fui bebendo o versos extasiada até chegar no final e descobrir de quem era.A mudança por ele tratada me fez lembrar da música de Teatro Mágico: "Onde as meninas brincando no portão, tem horas que são senhoras, tem horas que oração". Também adoro as quartas feiras, mas amo as sextas e os sábados.
Beijos

Junnior disse...

Eu adorei a frase; "Eu não peço nada, nem um pouco de mundo".
Porém, adaptando à minha realidade, eu diria que adoraria um pedacinho do mundo neste exato momento.
Abraços e ótima quarta-feira pra todos.

Sandro Omena disse...

Adorei popó,
Este poeta escreveu frases e poemas belissímos. Conheço um pouco dele por que um amigo, que infelizmente não está mais entre nós, vivia lendo suas poesias e frases. Adorava quando ele recitava algumas que já sabia de cabeça. Uma delas que conhecí em 1992, quando estudavámos juntos era esta:



Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.

Diga ai Popó, se não é maravilhoso!
Neruda era de uma sensibilidade com a estima emocional das pessoas que me deixava na quela época fascinado, e ainda deixa, é claro.
Muito, muito obrigado popó! Você me transportou a lembrar de épocas maravilhosas da minha vida estudantil, e de coisas que a tempos n lembrava.
Fica com Deus
Beijos

Pegadas do Coração disse...

Ôpa, vim só lhe visitar que tens um selo lá pra ti no meu blog.
Fica na Paz,
Abraço.

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com