quarta-feira, 16 de junho de 2010

“PORTELA NA AVENIDA”


"Portela
Eu nunca vi coisa mais bela
Quando ela pisa a passarela
E vai entrando na avenida

Parece
A maravilha de aquarela que surgiu
O manto azul da padroeira do brasil
Nossa senhora aparecida

Que vai se arrastando
E o povo na rua cantando
É feito uma reza, um ritual
É a procissão do samba abençoando
A festa do divino carnaval

Portela
É a deusa do samba, o passado revela
E tem a velha guarda como sentinela
E é por isso que eu ouço essa voz que me chama

Portela
Sobre a tua bandeira, esse divino manto
Tua águia altaneira é o espírito santo
No templo do samba


As pastoras e os pastores
Vêm chegando da cidade, da favela
Para defender as tuas cores
Como fiéis na santa missa da capela

Salve o samba, salve a santa, salve ela
Salve o manto azul e branco da portela
Desfilando triunfal sobre o altar do carnaval"

Paulo César Pinheiro.


"Outras palavras..."





Música é poesia e da melhor qualidade! E só pra (re)lembrar: as 'quartas da poesia' de junho serão todas dedicadas ao poeta e compositor Paulo César Pinheiro, destacando o seu processo criativo pessoal, que além de lindo, traz consigo muitas histórias super interessantes.

Como grande fã de Clara Nunes, conhecia esse  fato do livro: “Guerreira da Utopia”, a excelente biografia escrita por Vagner Fernandes. Para minha alegria, em seu livro “Histórias das minhas canções” (de onde nasceu a idéia de homenageá-lo aqui), Paulo César ratifica toda a beleza que envolve o processo de composição desse Hino de amor à Portela (tem portelense de plantão?).

 

O que aconteceu foi que Clara, ávida por homenagear sua escola do coração, pediu que o marido pensasse numa composição a altura da magnitude da Portela. O poeta disse que inicialmente ficou cabreiro, afinal era Mangueirense e ter inspiração suficiente para cumprir  tal tarefa não seria nada fácil, mas como nunca resistiu a um  bom desafio, terminou topando. Passou dias, semanas, incucado rasgando papel, até que numa tarde dessas, enquanto tomava um ar na varanda de sua casa em busca de uma merecida pausa, parou pela primeira vez para observar o canto de orações de Clara. Ele relata que era uma mesa de madeira antiga, pesada, com um oratório onde o sincretismo religioso predominava! Eram os orixás do candomblé (a fé pagã), misturados aos santos católicos de devoção da cantora (o divino), a imagem de Nossa Senhora Aparecidano centro do altar (de onde veio a idéia do  'manto azul e branco' que são as cores da Escola)  e a figura da pomba do Espírito Santo (simbolizando a águia da Portela) abençoando toda essa mistura do alto da parede, vivendo em harmonia completa!

Não deu outra. Poeta é poeta! Tomado por uma forte emoção e extremamente sensível como é, Paulo finalmente se viu diante da inspiração que precisava para atender ao pedido de sua esposa, e se pôr a escrever, guiado pela idéia da miscigenação do sagrado e do profano, assim com se apresenta a festa do carnaval no Brasil! O resultado foi esse aí que vocês puderam ver! Que lindo, não?

Agora reviva  toda a letra, prestando atenção em suas nuances e imaginando a sua frente o oratório de Clara Nunes... você chegará bem perto da magnitude desse poeta! 

Axé!
Jr Vilanova.

10 comentários:

Chica disse...

LIndas músicas,Junior!abração e um dia legal!chica

Anônimo disse...

E vale a pena ser Portela, so pela Clara Nunes. risos. bjus Vania

Wanderley Elian Lima disse...

Olá meu amigo
Essa música , cantada pela Clara é uma das imortais da PMB, não há quem a escute que não tenha vontade de sair dançando. Amo.
Beijão

carol sakurá disse...

Parabéns pelo post,Junior!
O desfile da Portela é uma poesia na avenida,principalmente por ela não se perder e guardar as raízes.
Quando eu era péquena sonhava em usar uma flor no cabelo e uma trança como Clara Nunes...rs.
Bjs!

Essência e Palavras disse...

Perfeito,Junior!

Essa música na voz de Clara Numes é belíssima!

beeejo e saudade!

Valéria Sorohan disse...

O seu bom gosto é indiscutível, só me resta apreciar.

BeijooO*

Cláudia disse...

Adorei o vídeo, a letra da música!!!!Muito bom apreciar as coisas boas da vida!!
bjsss

Sandro Omena disse...

Junior,
Simplesmente maravilhoso este vídeo. Apesar de lembrar pouco de Clara Nunes cantando na época, esta música ficou na minha memória. Minha mãe adorava Clara Nunes e se identificava muito com ela no aspecto religioso. Esta música na época foi tocada e muito nas emissoras de rádio e televisão. Revivendo estas cenas, percebo hoje, o quanto que ela se entregava a música, no prazer de estar ali e na interpretação. Gostei muito de revê-la, linda, muito linda. Não sabia que tinha sido escrita pelo esposo dela na época. Quanta inspiração para escrever esta letra e na interpretação de Clara fantástica. Bravo! Maravilhoso.
Beijo

Dalva disse...

Presente eu aqui! Sou portelense, com muito orgulho! Esse samba é lindo, um verdadeiro hino de amor... e PC Pinheiro, como mangueirense, saiu-se muito bem! Seu olhar de poeta conseguiu enxergar a "devoção portelense" da Clara e compor esse maravilhoso poema! Mais uma vez repito: estou adorando as histórias do PC Pinheiro!

Bjs.

Alex Acioli disse...

Amo Clara Nunes desde quando tinha 9 anos de idade, em meados dos anos 70.
Tive a sorte de vê-la cantando ao vivo quatro vezes e, simplesmente, considero ela a melhor cantora de sua geração.

Mulher-artista-cidadã-brasileira da melhor qualidade, exemplo pras gerações mais novas.

"Portela na Avenida" é uma obra-prima do samba-exaltação, que dignifica e enaltece dois grandes compositores nossos: Mauro Duarte e Paulo Pinheiro.

Maravilha pura!

Ponha mais vídeos da Clara.

Alex Acioli
Macapá-AP
Amazônia

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com