quinta-feira, 8 de abril de 2010

'IMAGINE NO RELIGION'

Saudações. Quinta do caos!

E chego mais uma vez desapontado com o ser humano! Peço licença para externar um sentimento muito próprio que me toma desde a semana passada... daqui a pouco, após o desabafo, estará tudo bem, mas este é o momento da indignação!

Introdução necessária...

Antes de qualquer precipitação ou interpretação errônea, esclareço que o título dessa postagem foi retirado da antológica música "Imagine", de John Lenon e lembrei dessa frase ao pensar num título condizente com o assunto abordado.  Não entendam como algo literal. Não existe  intenção de  fazer nenhum tipo de apologia ao desaparecimento  das religião no mundo, nada disso... estou  apenas conclamando a todos para uma reflexão imparcial e o assunto é justamente  a intolerância religiosa, instituida por muitos e absorvidas por tantos outros fiéis, chegando até a  se sobrepor  a caridade e a compaixão, princípios básicos a qualquer filosofia que se preze ou que ouse falar no bem!

Sabe o que acontece, é que as vezes vejo algumas pessoas entrarem nas religiões como quem  aderem a torcida de  um time de futebol, por exemplo! Como se estivessem participando de alguma torcida organizada, ou seja, se comportando como se vivessem num eterno campeonato, como se estivessem diante de adversários e aguardassem o resultado para saber "quem ganhou" e assim se satisfazerem por completo.  Além de algo muito perigoso, isso também é LAMENTÁVEL para não dizer o mínimo! Afinal, qual finalidade das religiões? Criar rivais?  E o maior dos mandamentos não seria justamente o contrário? "AMAI-VOS UNS AOS OUTROS ASSIM COMO VOS AMEI", tô certo? Existe algum tipo de ressalva feita nessa frase que não estou encontrando? Algum enigma escondido num mandamento tão claro, tão objetivo e ao mesmo tempo tão abrangente? "Deus, por favor, apareça na televisão"!

Sobre o ocorrido...

Na última quinta-feira, dia 01/04/10, as vésperas da Sexta-feira da Paixão, o Clube Santista de Futebol (O Santos), resolveu promover um ato ecumênico de solidariedade, ou pelo menos tentou! Comprou ovos de páscoa, convocou seus jogadores e escolheu uma entre as milhares de  instituições de caridade existentes na cidade para fazer parte das entregas!  Por desenvolver um significativo trabalho com cerca de  40 crianças portadoras de paralisia cerebral grave, o Lar Espírita Mensageiro da Luz fora escolhido. Avisados com antecedência, a imprensa e principalmente os delicados pacientes aguardavam a visita com ansiedade.

Fazer o bem sem olhar a quem...

A  comitiva de jogadores e dirigentes saiu do CT Rei Pelé no ônibus do clube, no início da tarde, com destino ao Lar Espírita que fica localizado no bairro da Encruzilhada. Ao chegarem ao local e observarem que não se tratava de um templo católico ou evangélico, mais da metade da equipe, dentre eles os conhecidos: Robinho, Paulo Henrique Ganso, Fábio Costa, Durval, Léo, Marquinhos, Neymar e André,  desistiram da boa ação de páscoa e resolveram permanecer onde estavam. Não desceram do veículo e lá permaneceram por cerca de duas horas! Justificativa apresentada pelo jogador Robinho: “Cada jogador tomou a atitude que achou conveniente, e eu acho que a religião de cada um precisa ser respeitada”, disse. Ou seja, se ele não tivesse religião, quem sabe, naquele momento poderia doar um pouco do seu precioso tempo e oferecer, além do ovo de chocolate, alguma alegria e satisfação para outros seres humanos com provações tão difíceis de serem enfrentadas (pacientes e familiares)!

Durante a visita dos jogadores, o sorriso dos pacientes era evidente.

Apenas os jogadores Felipe, Wladimir, Edu Dracena, Zé Eduardo, Arouca, Pará, Gil, Maikon Leite, Breitner, Zezinho e Wesley se revezaram na entrega dos brindes. Segundo a imprensa presente no local, o jogador Paulo Henrique Ganso - que chegou minutos depois com seu carro - foi o último a aderir ao anti-movimento fraternal. Ganso até tentou se unir ao time participante da "partida do bem", mas logo fora convencido pelos colegas que ficaram no ônibus a mudar de idéia e acompanhá-los na batucada animada que estava rolando do lado de fora, enquanto aguardavam o evento terminar (segundo algumas fontes da imprensa).  

Maus exemplos, retratações e controvérsias...

O jogador Robinho durante uma coletiva de imprensa

Acusados de intolerância religiosa, alguns dos jogadores "traidores do movimento" voltaram atrás  e pediram desculpas publicamente! Neumar disse: Cheguei em casa, conversei com o meu pai, e percebi como foi ruim a nossa postura (...) Nós erramos, mas vamos corrigir, e estou pedindo desculpas”, Robinho,  embora não esteja arrependido, esclareceu: “Só ficamos sabendo quando chegamos ao local que se tratava de um ambiente espírita (...) Tudo foi um grande mal entendido e não houve nenhum tipo de preconceito”! O presidente do clube, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, chegou a  declarar  que  a  culpa  da  não-participação dos jogadores  seriam  as potencial cenas fortes que inevitavelmente eles encontrariam no Lar Espírita, cenas estas que os atletas não estariam preparados para compartilhar!

Para o repórter Luis Ceará, da TV Bandeirantes que estava no momento do ocorrido, as explicações não convenceram. Em conversa com o próprio Robinho, Ceará fora enfático: "Eu estava lá e os jogadores não desceram do ônibus porque não quiseram, agora não adianta ficar enrolando. Eu acho você, Robinho, um baita cara, mas dessa vez pisou na bola e feio. Muitas das pessoas que trabalham nesta casa espírita são evangélicos"...

Bem... tire você suas próprias conclusões, porém, eu que sinto uma necessidade quase visceral de me posicionar, digo que muita coisa ainda precisa ser repensada em relação a fé religiosa, que independente de credo, precisa focar no que interessa, no bem, na união, na fraternidade e caridade acima de qualquer convicção  parcial... do contrário, prédios, aviões e estações de metrô continuarão sendo explodidas pelo mundo em nome de Deus ou coisa que o valha!      

E assim caminha a humanidade!
Escolha você o caminho a seguir...

Jr Vilanova.


Algumas fontes da notícia:

- http://www.guiame.com.br/v4/36962-1663-Parte-do-elenco-do-Santos-se-recusa-a-entrar-em-lar-esp-rita-.html

- http://e-paulopes.blogspot.com/2010/04/robinho-se-recusa-visitar-criancas-de.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+blogspot%2FLHEA+%28Paulopes+Weblog%29

- http://www.guiame.com.br/v4/36972-1663-Robinho-n-o-v-erro-em-aus-ncia-a-lar-esp-rita-.html

- http://www.guiame.com.br/v4/36971-1663-Meninos-da-Vila-se-defendem-de-preconceito-religioso-.html

- http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Santos/0,,MUL1555492-9874,00-DORIVAL+JUNIOR+REPROVA+ATITUDE+DE+SANTISTAS+EM+EVENTO+E+DIFICIL+DE+ENTENDER.html

18 comentários:

lis disse...

Ah esses jogadores vivem se contradizendo, entrando em fria , falando o que nao devem .
E ainda há quem os admire. Francamente rsrs
Não me surpreendo muito com tais atitudes , penso que eles só saibam mesmo é correr no campo e fazer a alegria do nosso povo sofrido que precisa de algum escape.
Misturar comemorações religiosas e fraternas com jogadores de futebol nunca poderia sair nada melhor rs
Júnior, hoje estou tao triste com o que vem ocorrendo com Niteroi e Rio devido as chuvas e ventos fortes,familias inteiras desaparecidas debaixo dos escombros que ficaria do contra sendo ou nao jogadores grosseiros ou gentis.
Desculpe querido, deixo o meu abraço carinhoso e volto num dia mais feliz.

Chica disse...

Incrível isso como eses rótulos até nas religiões fazem mal. A religião verdadeira não precisade nomes, essa ou aquela,basta o AMOR , a Verdade,FRATERNIDADE que norteiam a nossa verdadeira postura.abraços,chica

Valéria disse...

Eu também protesto e acho vil tão comportamento.Mas, isso é consequência de quem "dá dinheiro sem ensinar educação e respeito", típico desssaas 'celebridades'.Pena....
Bjo!!

Wanderley Elian Lima disse...

Meu querido amigo
A que ponto chega a intolerância e ignorância humana, esses são os religiosos que têm a certeza que o céu é todinho deles. São dignos de dó e de preces. Que Deus se apiede deles.
Beijos

Guilherme Ramos disse...

Desculpa minha 'intolerância esportiva', mas...

É POR ISSO QUE EU NÃO GOSTO DE FUTEBOL!

Brincadeiras a parte...

"Mente sã em corpo são", diz a máxima clássica. Nesse caso, o lado 'podre' da ignorância religiosa (beirando o fanatismo burro) falou tão alto que nem a solidariedade, em seu sussurro, pôde fazer muita coisa.

"WO" pra essa galera...

"Game Over"

Por mim, era uma AÇÃO JUDICIAL, DANOS MORAIS e por aí vai...

Mas, quem sou eu (pra ser tão radical assim?)

Apenas uma opinião.

Apenas mais um na multidão.

VALEU JR.!
(Mais uma vez, a informação me atualizou das loucuras do mundo! Eu, que não vejo televisão já há umtmepinho, justamente, por temer certas 'notícias do front'... Rssss...)

CRISTIANE disse...

Menino, como é difícil entender a cabeça do ser humano, não? Você disse algo muito correto quando afirmou que muitos enxergam suas religiões como seu time de futebol favorito, que precisa vencer os adversários! É exatamente assim mesmo!
NOTA "0" NO PLACAR DOS JOGADORES DO SANTOS! (Ou melhor, no placar da maioria!)
Beijos indignados,
Cris.

carol sakurá disse...

Olá,Junior!
A intolerância é um dos grandes males da humanidade,seja religiosa ou não.
Eu sou cristã de vertente protestante e exatamente por isso,acredito que Deus seja muito maior que templos e placas.
Cada um tem a religião que optar,respeito.O problema é quando a nossa 'humanidade' insiste em se achar 'divina',acima do bem e do mal.
Episódio lamentável.
Beijos,querido!

Josi disse...

Opa, #tenso!
Que bapho hein amigo!!!
Vc como sempre arrasou no texto,o seu ponto de vista é sempre maravilhoso, me deixa paralisada, imagino 100% tudo o que estou lendo.
É amor é muito difícil entender o que significa fé e religão na vida das pessoas, cada um ver de uma forma, até mesmo dessa forma tão cruel,não é mesmo?
É aquela velha história, tem muita gente que esquece de religião nas horas mais necessárias, que são nas horas de servi ao próximo,ainda mais pessoas públicas que receberam e recebem tantas GRAÇAS de Deus,mas ok... só podemos lamentar tudo isso!
Torço pra que essas pessoas exemplos para toda uma sociedade por serem publicas, não influenciem de forma negativa a vida e o pensamento de várias outras pessoas!
Beijos.

Dalva disse...

Junior, quando soube deste fato senti uma tristeza muito grande. Esses meninos que tinham tudo para partilhar deste momento mágico de alegria e generosidade conseguiram ser tão mesquinhos... Por quê é tão fácil rotular as pessoas e discriminar se não têm o "rótulo" que lhe agrada??? Muito triste este episódio, e acho que ficou pior ainda a explicação que não convenceu...

Bjs.

Valéria disse...

É lamentável!
Jogadores, mal orientados, fanatismo religioso, intolerância, preconceito.

BeijooO'

Valéria disse...

Lamentável!

BeijooO'

ingridmartins disse...

super interessante você está mostrando sobre essa realidade e nós vermos essa ignârancia humana ;/

tenha uma ótima tarde :*

JRonson disse...

Penso que se algem qer ser uma celebridade, seja no futebol ou em outro lugar, deveria ter um curso de cultura ou minimo respeito, e q realmente n ha paciencia para essa gente

Olga Durães disse...

Muito triste. As religiões foram criadas pelos homens e acredito que no futuro (não muito longe) elas não vão mais existir.

Teresa disse...

Que triste exemplo que deram esses senhores, que são olhados como modelos por tantas crianças!
Bjs

NANDITA CAYMMI disse...

rapaz.. nao tava sabendo desse episodio nao! Que coisa, hein? ... e onde iremos parar!? raiai...
me indignei tbm.

José Renan disse...

Que ação danosa!... Será mesmo que esses homemns tem Deus no coração?... Que absurdo, espero que eles reflitam e não há juiz melhor que a consciência. Alias, eles tem?
Valeu!....

anita sereno disse...

ola obrigada por me visitar boa tarde
pelo peco que li confesso que dou o meu parecer
da duvida não estou a ver o que os jogadores fazem tal coisa por maldade ainda mais sendo eu portuguesa acho que o Brasil é o povo mais religioso e se o Robinho confessa que foi um mal entendido vou dar o meu crer da duvida por que não? eu não estava la não vi desrespeito pelo que olhei e li assume publicamente desculpas e que não fazia ideia onde estava bem eu dou o credito da duvida beijos obrigada

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com