quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Quinta do caos: “Notas sobre o caos”

O médico é o monstro


Se você tinha alguma dúvida sobre a velha máxima que nos alerta que não se pode confiar em ninguém, se achava a afirmativa exagerada ou pessimista demais, chegou a hora de repensar algumas convicções!
É fácil chegar a essa incômoda conclusão ao analisar friamente os rumos que a ética e os direitos (desu)humanos estão tomando atualmente. Não existe mais território neutro onde possamos nos sentir protegidos, preservados, imunes no que se refere ao mau caratismo e a corrupção de valores diversos.

Quem acompanhou o noticiário dos últimos meses ficou sabendo: até agora foram 51 mulheres denunciando o abuso sexual sofrido durante os tratamentos feitos, em sua maioria, na tentativa de engravidar... pra piorar um pouquinho o quadro repugnante, ao contrário do que se pode imaginar, o autor do delito não foi nenhum “açougueiro” comum em clínicas clandestinas espalhadas pelos guetos desse país! O acusado é simplesmente um dos maiores especialistas em reprodução humana in vitro do Brasil: o “médico das estrelas” Roger Abdelmassih. Segundo testemunhos, as vítimas, após serem dopadas durante as consultas, ainda imobilizadas sob as camas do consultório, eram covardemente abusadas e/ou estupradas!



A defesa do médico por sua vez - como esperado, claro - não crê na veracidade dos depoimentos. Considera tudo um mero delírio, provavelmente causado pelos efeitos da medicação usada, que, quem sabe, pode ter deixado as clientes momentaneamente “confusas e sensíveis”! Contudo, pontuar se faz necessário: o delírio em massa repetiu-se por no mínimo 51 vezes, ou melhor 52, pois recentemente foi noticiada a versão de uma nova vítima que afirma ter sido violentada pelo mesmo médico, ainda na década de 70, ocasião em que era menor de idade, em Campinas-SP! Procurou um urologista para curar crises renais e saiu de lá marcada para toda vida.


Qual será o veredicto dessa vez, hein? Quem vai falar mais alto? Dinheiro? Influencia? Poder? Ou a voz de uma justiça que já acumula um ônus gigantesco com os cidadãos de bem?
.


Bem, senhoras e senhores, prevenir é preciso: cuidado! Honestidade, vergonha na cara e bons princípios a muito tempo que não são mais pré-requisitos para uma convivência em sociedade! Notem que a cada novo acontecimento aterrador, nos damos conta que estamos imergindo num um mar de lama profundo e movediço! Onde e quando isso vai parar... ou quiçá amenizar? Alguém sabe? Que novas notícias serão capazes de nos indignar mais que esse circo de horrores do qual nos tornamos expectadores em potencial? Simbolismos à parte, que todo esse caos sirva, no mínimo, para nos livrar da nossa própria ingenuidade... PERCEBA, não dá mais pra nos prendermos a conceitos pré-estabelecidos! Não acredite nem no que os seus próprios olhos defendem -com unhas ou dentes...

Já que é pra estarrecer, que seja de vez... desejo que todas as formas de podridão possam se revelar de uma vez por todas, para que possamos enxergar de fato o mundo em que vivemos tal qual ele é -ou se tornou -e retomarmos o controle das nossas vidas, que definitivamente não está mais em nossas mãos!


E não esqueça: devemos estar sempre “atentos e fortes”!


Briga de cachorro grande x cachorro brabo!


O que vocês estão achando dessa “picuinha pública” entre a Rede Globo e Rede Record, hein? Caramba, o bicho pegou de vez! Faz um tempo que a coisa deixou de estar “subentendida”, que abandonou a justificativa sínica da informação imparcial para todos e legisla em causa própria – de ambos os lados - para defender um jogo de interesses altamente identificável! Evidentes e inegáveis!

Edir Macedo acusa a Globo de “preconceito religioso”certamente esquecendo-se de levar em consideração o discurso corriqueiro de sua igreja em relação as religiões afro-brasileiras, por exemplo – e vai além quando diz que “ninguém chuta cachorro morto”, já dando algumas pistas sobre o verdadeiro motivo desse "cabo de guerra". A Globo por sua vez não perde tempo se justificando, simplesmente ataca como pode e pega pesado. O fato é que está formado o ringue e a luta não tem regras! É um verdadeiro “vale tudo”!


Pra mim os pontos relativamente positivos dessa palhaçada televisiva são basicamente dois: o primeiro é a proximidade de um movimento que ameaça o monopólio da emissora dos Marinho! Não que a emissora dos Macedo, na minha opinião, possa oferecer algo melhor e menos parcial que a Globo, mas já era tempo da emissora carioca contrabalancear essa soberania arrogante que por décadas lhe eleva a posição de absoluta... com a democratização da informação responsável e a livre concorrência, só temos a ganhar! Como disse Nelson Rodrigues, toda unanimidade é... alguém lembra?


Outro ponto destacável é que é sempre bom ter mais uma chance para entender melhor a composição da “fórmula mágica” que move a Igreja do Bispo Macedo e que o torna, cada dia mais, um dos homens mais poderosos do país (entender ≠ aceitar)! Assistindo as acusações globais é possível constatar o quão aquém andávamos! É importante nos defrontarmos com certas verdades, principalmente aqueles que compõem essa universal realidade, pois há ingenuidade demais por aí, sustentando castelos e a () fé de alguns!
Importante é mantermo-nos vigilantes (ops... isso é bíblico, não é?)!


Desrespeito e preconceito.


Sabe, as vezes me pergunto que espécie de pretensão é essa que leva as pessoas a brincarem de ser Deus, a passarem procurações em nome Dele e assim tentarem, irresponsavelmente, exercer um poder que definitivamente não é dado a nenhum ser humano imperfeito! E o pior de tudo é que a "fé" e a "religião", fatores que deveriam servir para aproximar pessoas, hoje são as principais armas usadas para humilhar, julgar e afastar... definitivamente não entendo.

A nova investida dos fanáticos religiosos - que existem em toda e qualquer vertente religiosa, diga-se de passagem - é representada pela psicóloga Rozângela Alves Justino - entrevistada da Revista Veja, ed. 2125, nº32, nas páginas amarelas -, que tem procurado a mídia - ridiculamente disfarçada com máscara anti-gripe e peruca - para anunciar uma revolução na medicina: está "curando" homossexuais! Acho que eu tinha mesmo que viver pra ler isso...


Remando totalmente contra maré e contra as normas do Conselho Federal de Medicina, a profissional - que se diz evangélica desde que ouviu um chamado de Deus num LP de Chico Buarque - é apontada como a solução milagrosa para mudança de comportamento entre pessoas que possuem um desejo sexual diferenciado! Segundo o que ela afirma, entre outras barbaridades, a homossexualidade de fato não existe, pois trata-se de um estado psicológico temporário onde o "paciente", devidamente tratado, pode ou não optar em continuar nessa vida, digamos, "contra-indicada" pela (s) Igreja (s)!


Não vou perder muito tempo aqui falando da minha indignação por que sei que não adianta, cada um possui sua convicção, mas ao mesmo tempo gostaria de expor o que penso! Sinceramente e imparcialmente falando, vejo que é preciso muito cuidado ao se tocar em assuntos tão delicados, que interferem diretamente na vida de milhões de pessoas (que apesar de serem minoria, são milhões)! Fico imaginando as famílias repressoras e ignorantes entusiasmadas com a "revelação" propagada pela Dra. Rozângela de que podem "salvar" seus filhos gays - até então impuros, pervertidos ou doentes - e em nome dessa falsa realidade obrigá-los a amargar dolorosos empates contra si próprio, negar-se na busca infundada de se tornar alguém que outra pessoa acha que precisa existir em seu lugar! Complicado! Já ouvi casos de pais que preferem taxar seus filhos de loucos, dando a eles remédios e internando em clínicas, por ser mais fácil encarar a sociedade e assumir que seus filhos possuem uma condição sexual diferente da maioria! Aí eis que de repente a parece um "cientista louco" na intenção de reforçar essas convicções equivocadas!

Já pensou se amanhã aparece alguém querendo "reverter a heterossexualidade"? Sim, porque se o de tratamento psicológico cura tudo, mais cedo ou mais tarde, outro aspirante a "martelo da força" pode aparecer com um discurso tão absurdo quanto... sim, segundo a psicóloga são as pessoas que a procuram! Ok, pessoas com perturbações diversas existem em qualquer lugar do planeta, sob qualquer signo, religião, raça, condição sexual etc, etc, etc... o fato é que se entra um homossexual no consultório da Dra. Justino, pronto, "chama a mídia pra assistir a isso"! Problemas psicológicos não escolhem sexo, o problema está na ação tendenciosa de alguns, que militam em causa própria e sob orientação de uma fé cega e destoante!


Gente, na boa, chegamos num momento da evolução humana em que o respeito não é mais uma questão de opção e sim de obrigação! Tolerância e respeito! E se é pra justificar com religião (que sinceramente acho que não precisa), vamos nos ater ao "livre arbítrio" oferecido a todo e qualquer ser humano... se houver o que justificar, que cada um de nós, pecadores (TODOS SOMOS), tenhamos o direito de prestar nossas explicações a quem de direito!


Pra variar, falei demais!

Amanhã tem "TOP 10"!

Beijos carinhosos.

Jr.

2 comentários:

Cláudia disse...

Muitas vezes procuro respostas para questões como as que li hoje no blog Júnior. Como um ser humano, que dedicou a sua vida estudando para ser um profissional de alto gabarito, competentíssimo, reconhecido nacional e internacionalmente, se vê envolvido em um escândalo aonde no mínimo 60 mulheres sofreram abuso sexual deste profissional?!! A ganância, a ância pelo poder, que envolvem duas grandes emissoras. Uma profissional que diz que encontrou a solução milagrosa para mudança de comportamento entre pessoas que possuem um desejo sexual diferenciado. Bem....uma leitura que costumo fazer, quase que diariamente, além do seu blog, é claro Júnior, é o blog do Pe. Henrique Soares (http://costa_hs.blog.uol.com.br). Nesse blog tiro muitas dúvidas em relação ao comportamento humano, política, dentre vários assuntos, inclusive sobre a religião Católica ao qual sou fiel! Fica a dica aqui de um blog muito interessante!!!
Beijo grande
Cláu-Dinha

CRISTIANE disse...

Sabe, muitas vezes a correria de todo dia nos impede de parar um pouco e avaliar as coisas que estão acontecendo lá fora... e infelizmente são coisas muito ruins na maioria do tempo!

Também concordo que a gente precisa estar mais vigilante, mais atuante no nosso meio, tentando discutir, alertar, porque senão a gente acaba se acostumando com o que é ruim e aí não terá mais salvação pra ninguém!

Obrigado Júnior pelas palavras coerentes, me fez refletir!

Um beijo a todos e bom fim de semana!
Cris.

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com