sexta-feira, 8 de abril de 2011

ACADEMIA DE VILÕES...

Permitam-me desabafar! Em que mundo nós estamos mesmo? Alguém aí com mais de 30 anos reconhece o planeta em que estamos vivendo hoje? É muito sério isso, mais até do que possamos perceber!


A sensação que tenho é a de que segurança é uma palavra que não existe mais... quem teve o prazer de conhecê-la, ótimo, os demais, a nova geração principalmente, que se prepare para lidar com a era da violência e da impunidade e os efeitos que elas podem ocasionar!

Claro que o que trouxe esse assunto pro blog em plena sexta-feira, onde geralmente falamos de coisas boas, de música, foi o terrível massacre acontecido em Realengo, no Rio de Janeiro nessa última quinta-feira. Acredito que não exista outro assunto para se comentar, ou melhor, para se lamentar profundamente.

Sabe de uma coisa, quando eu falo em insegurança eu quero ir muito além... sim, porque se repararmos ela está em toda parte! Está num céu cinza que pode trazer o caos e a destruição em poucas horas... está num vento mais forte, que de forma jamais vista antes, pode arrancar árvores, postes, quebrar vidraças, arrastar pessoas... a insegurança está no mar, que antes era só poesias, mas que de uma hora para outra pode chegar sem avisar e ir embora levando consigo milhares de vidas.

Insegurança virou um estado de espírito: ser inseguro! E onde estaria o real motivo para todas essas coisas? Sinceramente? Acho que ele nasce do egoísmo do ser humano, que nunca foi tão gritante! As pessoas estão cada vez mais descuidadas, estão olhando pra si e esquecendo seu entorno. Estão envolvidas numa teia de futilidades, apatia e nenhum diálogo. Estaríamos nós nos condicionando a idéia de que o mal venceu?

De alguma forma alimentamos a crença de que bons exemplos e boas notícias não geram audiência. Basta ligar a tv agora e perceber como a má notícia é indiretamente festejada! Tão cinicamente festejada ao pondo de importarmos tragédias quando as nossas não nos são satisfatórias! E tragédia virou meio de vida de muita gente. E daí vamos nos acostumando, muitas vezes sem perceber, a sermos negativos. Impulsionados a desacreditarmos do mundo e das pessoas, visualizarmos apenas o que o a vida tem de pior!

Dentro de um contexto tão complexo, uma grande maioria reprimida e sem perspectiva resolve virar protagonista nesse cenário lamentável... e resolve aparecer na TV do único jeito que alcançará destaque: como o grande vilão da trama! Direcionam suas loucuras para a tendência do momento: dissimular, roubar, matar, violentar e se formarem na academia de vilões... e com isso o sofrimento alheio é palavra de ordem! E esse sofrimento de alguma forma alimenta o sadismo de quem não enxerga nada que ilumine...

...

Não tenho muito mais a dizer, apenas desejar paz aos corações dos que perderam seus filhos da forma mais estúpida e revoltante que o país já presenciou! Que a gente possa aprender a lição e virar esse jogo enquanto é tempo.


Jr Vilanova.

2 comentários:

Guilherme Ramos disse...

Fica meu apoio.

E meu luto.

Por isso luto, todos os dias, por um mundo melhor.

Não desista, homem-dos-sonhos. E lembre-se: o mundo não precisa de você para girar. Mas, com certeza, ao seu lado gira bem melhor!

Bom FDS!

Gui!

Sandro Omena disse...

Popó,

A impressão que dá é que para muitas pessoas a violência já faz parte do cenário brasileiro, e consequentemente, da mídia que se alimenta de notícias ruins para que suas emissoras continuem ganhando não só na audiência como também no valor financeiro. O que aconteceu com aqueles jovens foi um massacre, sem dúvida alguma, covarde e desumano. Claro que para nós que estamos de fora fica dificílimo de entender o motivo real dessa atrocidade por parte de um jovem de 23 anos, principalmente quando o mesmo é considerado por parte de muitos estudiosos da psiquiatria como um psicótico esquizofrênico, ou seja, doente do cérebro. É claro que para o senso comum nada se justifica, ainda sendo adolescentes inocentes que perderam a chance de realizar seus sonhos programados recentemente em seus projetos de vida. Sentí-me impotente e paralizado com as cenas assistidas naquela quinta-feira, que me deixou totalmente fragilizado e entristecido. Com certeza que o Brasil em massa ficou de luto por este episódio que vai durar anos para apagar da memória de nos brasileiros, e principalmente, da memória daqueles que fizeram parte desde cenário macabro.
Fica aqui os meus sentimentos para os familiares das vítimas, e a crença eterna de que daqui para frente conseguiremos viver em um pais cada vez melhor e mais justo, onde a violência gratuita faça parte de um passado obscuro, sem leis mais rígidas ligadas a criminalidade.

Grande beijo

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com