segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

UM E-MAIL,UM SCRAP OU UM TWEETER...

"Vontade de chegar e olha eu chegando"...


Resolvi vir. Mesmo sem um assunto definido, eis-me aqui! É que um blog também é pra isso, aliás, um blog é pra qualquer coisa, pra qualquer momento, pra qualquer pessoa em qualquer situação... recomendo inclusive que experimente. Quase tudo que me acompanha desde março de 2009 vem parar aqui de um jeito ou de outro e daqui, pode viajar para qualquer lugar do mundo! Que foi? Duvida? 

Meio louco isso, não é? Imagine você que eu, daqui do meu cantinho, direto da minha modesta praia em algum pedacinho desse lindo nordeste brasileiro, penso em algo para compartilhar e mesmo sem fazer a menor idéia de com quem irei fazer isso, sou surpreendido com um alcance inimaginável. De uma forma ou de outra consigo dialogar com gente que talvez, de outra maneira, jamais cruzaria na vida!

Recentemente tava consultando a estatística do blogger e qual não foi minha surpresa ao analisar os resultados, nem sei se você também vai acreditar, mas aqui nesse modesto pedacinho de blog tem gente do mundo inteiro! É Portugal, Angola, Espanha... Eslovênia, E.U.A, Polônia, Japão... Holanda, França, Canadá... Argentina, Corea do Sul, Reino Unido... Gente, como tem brasileiro no mundo!rs. Eram as provas irrefutáveis da tal da globalização aqui, ou melhor, ali, diante dos meus olhos!


Adorei aquilo! Me senti um "blogueiro internacional"!rs E fiquei pensando: puxa vida, que tamanha revolução a internet provocou na vida das pessoas! Quem imaginaria que ainda poderíamos tanto, que iríamos tão longe, fazer tantas coisas apenas com o esforço de um pensamento. É tudo muito surpreendente, ainda mais se pensarmos que essa metamorfose está só começando! Tem muito mais coisas vindo por aí, não demora muito e essa "viagem" passa a ser tridimensional... aí sim a coisa vai ser uma loucura...

Falo isso porque é inegável que também estamos mais solitários! Solitários e desconfiados, porque a internet costuma provocar esse efeito! São as contra-indicações do negócio. A verdade é que atualmente, vivemos mais acompanhados de máquinas do que de gente (e máquina jamais conseguirá cumprir essa função a contento! Sempre faltará alguma coisa). E tem mais, a "globalização" virtual é fato, mas as fronteiras reais que nos cercam, essas nunca estiveram tão vigiadas, tão inacessíveis, tão distantes! É país que não quer receber outro, e daí vem preconceito, vem a xenofobia e exigências e mais exigências para se conhecer novas terras... é como se o mundo virtual fosse um consolo...

E já que comecei o post sem a menor idéia de onde ele iria parar, aproveito para terminá-lo pedindo licença para, antes que eu esqueça, deixar um recadinho super importante pra uma pessoa que adoro: 

"Amiga querida, se preferir, me mande um e-mail adiantando o assunto, pois o hoje o dia foi corrido demais e não deu tempo de ligar pra você, ok? Amanhã dou um jeito de te responder, respondo o e-mail, te mando um scrap, um tweeter ou até um torpedo. Beijos e até qualquer hora!"

Falei?!? Té qualquer hora...
Jr Vilanova.

3 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
é incrível mesmo o poder que um blog tem de ligar as pessoas aos mais distantes mundos. Essa magia também me encanta.
Bjux

Junnior disse...

Isso tudo me fascina também. Adoro.
Beijos.

Uelton Gomes disse...

Olá Junior

É mesmo incrível como a internet consegue fazer essa interatividade com as pessoas de todo mundo, isso é memso inpressionante.

Abraços

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com