quinta-feira, 11 de março de 2010

'ABUSO DE PODER'

Fonte da imagem: internet

Hoje é o dia dos assuntos mais delicados. Na semana dedicada as mulheres, chegamos à 'quinta do caos' com um assunto bem polêmico, prepare-se!

...

Sabe, se existe algo que me tira completamente do meu cerne, esse assunto é a injustiça! Ser injusto é ser covarde! Levando em conta o meu entendimento, gostaria de retratar uma grande covardia que aconteceu essa semana na minha cidade, pois coisas assim compõem nosso caos diário... opinem!

No dia da mulher...

O dia 08 de março tinha tudo para ser uma data  especial também para Andréa Marques, gerente nacional do cinema CENTERPLEX, localizado  no Shopping Pátio Maceió, no bairro do Tabuleiro dos Martins. Contudo, ao contrário das merecidas homenagens, acabou o dia numa delegacia, detida pela Polícia Civil de Alagoas. Acusação: descumprir o artigo 330 do Código Penal ao obstruir a passagem de cinco policiais que insistiram em assistir a  sessão de cinema sem pagar entrada! Ah, ia esquecendo... a justificativa dos policiais é a que eles queriam apenas  trabalhar em paz, prender um bandido dentro do cinema, mas até agora, nada comprovado!
 
Duas versões...

Segundo o depoimento de Andréa, que, após receber voz de prisão, fora escoltada pelos corredores do estabelecimento, entre os clientes, por homens fortemente armados - que fizeram questão de não atender ao apelo de funcionários de usarem saídas mais discretas -, não foi a primeira vez que  a tentativa da "carteirada"  aconteceu no cinema (detalhe importante: as salas  têm apenas  seis dias de inauguradas). Nessa e na outra oportunidade, tentou  explicar  aos presentes que a Rede Centerplex não autoriza cortesias e que se caso isso acontecesse, o shopping teria que arcar com as estradas dos policiais no momento da prestação de contas! Durante a argumentação com as autoridades, chegou a propor um valor de meia-entrada, onde apenas a parte  da rede de cinemas seria paga. Nada! 

Sem acordo...

Sequer uma identificação que pudesse ao menos comprovar a ação policial fora apresentada. Caso isso ocorresse, um funcionário do shopping poderia conduzir as autoridades até  a sala  "suspeita" para que pudessem  concluir as supostas investigações. Sugestão novamente negada! Motivo: sigilo, segredo de justiça! Ou entravam para assistir a sessão e vistoriar o comportamento dos presentes durante todo tempo sem maiores detalhes, ou prenderiam a moça por "desacato a autoridade". Prevaleceu a opção dois! Ela, ciente de sua razão, não voltou atrás e foi presa no lugar do tal traficante que, tranquilamente, assistiu ao seu filme sossegado, sem nem se dar conta do que acontecia lá fora. Com a prisão da moça, a polícia desistiu do bandido.

"Que flagra, que flagra, que flagra"...

As câmaras de segurança do Pátio Maceió  registraram toda movimentação! Da chegada dos policiais até a constrangedora prisão, tudo filmado! Tamanha arbitrariedade chocou os presentes. Chocou também aqueles que ficaram sabendo do ocorrido através da imprensa, como eu! Vejo no episódio vários tipos de violência e abuso! Entendo que num tempo onde a impunidade, a corrupção e a incompetência reinam, um cidadão de bem, um trabalhador (independente do sexo), não merece ser tratado de uma forma tão agressiva! Vejam o depoimento da profissional para um site local e tirem suas conclusões:



Ação e reação...

A assessoria jurídica do shopping promete não ignorar o fato e já se mobiliza para exigir explicações e posterior retratação do Conselho Estadual de Segurança Pública do Estado de Alagoas. Inclusive, toda sociedade alagoana está no aguardo de uma satisfação, afinal, existiu mesmo uma operação programada para aquela data, naquele horário e local ou tudo não passou de uma imposição maquiada com segundas intenções?

É... a coisa tá ficando feia!
Como disse um dos jornalistas que cobriu o fato: "corram que a polícia vem aí"! Adorei o conselho, ficarei atento!

Fui... ainda indignado!
Jr Vilanova.

 
Mais fontes da notícia:







9 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Meu amigo, isso me causa indignação, nojo e revolta. Também num país seu autoridades , onde o roubo oficial fica impune, qualquer zé mané que veste uma farda se sente dono da razão e sai por aí cometendo tais abusos. Tomara que tais policiais sejam punidos, embora eu duvide muito.
Bjux

Chica disse...

Fatos como esse só podem nos deixar indignados e de olhos bem abertos...abraços,chica

CRISTIANE disse...

Até quando seremos obrigados (as) a assistir cenas como essas, heim? Quanto absurdo! Achei a atitude da gerente muito nobre, não teve medo, não voltou atrás, enfrentou!
Também fiquei indignada!
Cris.

lis disse...

Júnior
Imagino sua indiganção porque é lamentável mesmo, com toda a repercussão e toda a gente falando sobre ética no trabalbho, ética na política, TV, jornais, denunciando todo dia e ninguéum aprende nada!prá onde vamos caminhando? foi em Maceió poderia ser aqui, acontece todo dia .
Tomara não seja só mais um caso,Júnior.E , tomara não pensemos nós que por ser mais um caso, vamos nos acostumar. Onde estão os movimentos desse país ,( os jovens que só aparecem de cara pintada pra fazer onda )nunca acreditei neles,cadê a ideologia por um país forte e humano? ah, Júnior que nossos filhos e netos um dia possam ter dias melhores.
Vamos enfeitar o sorriso porque amanhã é sexta feira. Alegre-se , tá?
abraços ,te vejo depois.

Guilherme Ramos disse...

Olha...

Não sou policial, mas acredito na Justiça. Nem que seja a Divina. Rssss...

Por que, diabos, esses "homens-da-lei-dos-homens" (desculpa a ironia...), não montaram uma guarda na porta do cinema e, após a sessão terminar, não fizeram o BACULEJO, quer dizer, a revista? (sim, porque acho que eles sabiam qual SALA o tal traficantes estava, né? Será que era na da "Guerra ao Terror" - vencedor do Oscar? - ou em outra, mais animadinha?)

AH! VÃO SE FERRAR! Se querem assistir a filme de graça, vão arranjar uma vaga de LANTERNINHA! (é, mas acho que essa função está extinta...). Então, por que não vão assistir à versão alagoana de "Guerra ao Terror" na periferia de Maceió? Onde a POLÍCIA deveria estar fazendo o seu trabalho DIA-A-DIA? Onde se mata e se morre por nada? Onde a Lei-local coloca o rabo entre as pernas e SOCA o ABUSO DE PODER no rabo! É muita sacanagem mesmo. Só rindo. E esperar que a LEI mesmo, a Justa Lei apareça. Mas acho difícil. Acho que, cedo ou tarde, haverá outro escândalo que nos fará esquecer desse. E depois, haverá mais outro escândalo, que nos fará esquecer do que nos fez esquecer o anterior e, pra variar, haverá OUTRO escândalo... E mais outro... E mais outro... E nós vamos esquecer do... do... de... de... de que mesmo?

Bjo, Ju! ADOREI A CHANCE DE ESCREVER POR AQUI NOVAMENTE.

Cláudia disse...

Abordagem e diálogo...esses foram os pontos cruciais neste caso. A precipitação pode ter levado ao desfecho tão errôneo como foi divulgado pela imprensa.
Infelizmente mais uma notícia lamentável e vergonhosa para nosso estado.
Espero que tenhamos uma resposta satisfatória, no mínimo, em relação a todo esse acontecido

Dalva disse...

É uma pena que coisas desse tipo ainda aconteçam. É um fato comum em todo país, infelizmente. E o mais lamentável ainda é que certamente não haverá uma retratação.

Bjs.

Cristina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Poeta disse...

Pude ver a notícia nos noticiários da televisão e fiquei surpreso com este tipo de ocorrência policial. Um fato lamentável que deve ser evitado pelas corporações policiais, sejam militares ou civis. O bom senso cabe em todo lugar em em qualquer sircunstância.
Parabens pelo post.
Um abraço
João

Postar um comentário

Algumas dicas para comentaristas:

1. Use sempre o login da sua conta/ e-mail do Google ou Yahoo. Para os que não as tem, opinhem usando "Nome / URL"! É só digitar seu nome, assim todos saberão quem escreveu (inclusive eu!)

2.Se você possui um blog seu comentário será uma ferramenta de divulgação, pois representa o seu cartão de visita para os que não lhe conhecem. Pense nisso.

3.O espaço aqui é bem democrático, fique a vontade pra falar o que pensa e obrigado pela visita!

 

Copyright © - Contatos Imediatos - Todos os direitos reservados.
Template Minima de Douglas Bowman - Design por Linketal.com